Otite externa aguda

Otite externa é uma condição dolorosa causada por inflamação, infecção, ou irritação. Estes sintomas geralmente ocorrem após a água fica presa em seu ouvido, com a subsequente disseminação de bactérias ou fungos. Essa condição comumente afeta nadadores. A otite externa aguda freqüentemente atinge crianças e adolescentes, mas também pode afetar pessoas com eczema (uma doença que faz a pele coçar), ou cera em excesso. O seu médico irá prescrever o tratamento para reduzir a dor e para tratar a infecção.



O que causa a otite externa?



Uma fonte comum de infecção é umidade presa no canal do ouvido, de banhos, duchas, piscinas, ou de ambientes úmidos. Quando a água está preso no canal do ouvido, as bactérias que normalmente habitam a pele se multiplicam no canal auditivo, causando infecção do mesmo. Otite externa tem de ser tratada para reduzir a dor e eliminar qualquer efeito que possa ter sobre a sua audição, bem como para prevenir o alastramento da infecção.



Outros fatores que podem contribuir para a quadro incluem:



• Contato com excesso de bactérias que podem estar presentes em banheiras ou água poluída;

• A limpeza excessiva do canal do ouvido com cotonetes ou qualquer outro instrumento;

• Contato com determinados produtos químicos, tais como spray de cabelo ou tintura de cabelo (Evite isso, colocando bolas de algodão nos ouvidos quando for utilizar estes produtos);

• Danos na pele da orelha após lavagem do canal para remover cera;

• Um corte na pele do canal auditivo;

• Outros problemas de pele que afetam o canal auditivo, como eczema ou seborréia.

Quais são os sinais e sintomas?



Os sintomas mais comuns da otite externa são coceira dentro do ouvido e dor que piora quando você puxe a aurícula (orelha externa). Outros sinais e sintomas podem incluir qualquer um dos seguintes:

• Sensação de que o ouvido está obstruído ou preenchido;

• Drenagem de secreção;

• Febre;

• Diminuição da audição;

• dor intensa que pode se espalhar para o pescoço, face, ou para o lado da cabeça;

• Inchaço dos gânglios em torno da orelha ou no pescoço. Vermelhidão e inchaço da pele ao redor da orelha.



Se não tratada, as complicações resultantes de ouvido de nadador podem incluir:



Perda auditiva. Quando a infecção desaparece, a audição geralmente retorna ao normal.



Infecções recorrentes do ouvido (otite externa crônica). Sem tratamento, a infecção pode continuar.



Danos ósseos e cartilaginosos (otite externa maligna). Infecções de ouvido quando não tratadas podem se espalhar para a base de seu crânio, cérebro ou nervos cranianos. Diabéticos e idosos estão em maior risco para essas complicações perigosas.



Como é o tratamento?



O tratamento para as fases iniciais da otite externa incluem a limpeza cuidadosa do canal auditivo e uso de gotas otológicas, que inibem o crescimento de bactérias ou fungos e reduzem a inflamação. Soluções ligeiramente ácidas contendo ácido bórico ou ácido acético são eficazes para infecções precoces.

Como as gotas devem ser aplicadas nos ouvidos?



• São mais facilmente administradas, se feito por alguém que não o paciente.

• O paciente deve deitar-se com o ouvido afetado voltado para cima.

• As gotas deve ser colocados na orelha até o ouvido ficar cheio.

• Após as gotas serem administradas, o paciente deve permanecer deitado durante alguns minutos de modo que as gotas possam ser absorvidas.



Antes de utilizar as gotas no ouvido, é importante ter certeza de que você não tem um tímpano perfurado.

Para infecções mais graves, o médico pode prescrever antibióticos por boca. Se o canal auditivo estiver muito inchado, uma esponja ou gaze pode ser colocada no canal de modo que as gotas de antibiótico penetrem no canal de forma mais eficaz. Medicação para a dor também podem ser prescritos.
Consultas de acompanhamento são muito importantes para monitorar melhora ou piora e  para limpar novamente o ouvido. Seu otorrinolaringologista tem equipamento especializado e experiência para efetivamente limpar o canal auditivo e tratar a otite. Com o tratamento adequado, a maioria das infecções deve ceder em 7-10 dias.



Por que as orelhas coçam?



Uma orelha coçando pode ser causada por um fungo ou alergia, mas mais frequentemente por dermatite crónica (inflamação da pele) do canal do ouvido. Otorrinolaringologistas também tratam de alergias, e podem prescrever um creme, gota ou pomada para tratar o problema.

Dicas para prevenção



• Orelha seca é pouco provável que se torne infectada, por isso, é importante manter as orelhas livres de umidade durante a natação ou banho;
• Use protetores auriculares quando estiver nadando;
• Use um lenço seco ou um secador de cabelo para secar os ouvidos;
• Ter seus ouvidos limpos periodicamente por um otorrinolaringologista se você tiver coceira nos ouvidos, descamação de pele, ou cera em excesso;
• Não use cotonetes para remover a cera do ouvido. Eles podem empurrar a cera mais fundo no canal do ouvido, remover a camada de cera que protege o ouvido, e irritar a pele fina do canal do ouvido. Isso cria um ambiente ideal para a infecção.